"Bem-Vindos ao site da "FLUP : Infografia - comunicação gráfica de Conhecimento"!

O desenvolvimento e produção de recursos gráficos que suportam a investigação e as actividades de docência desenvolvidas na Faculdade de Letras da Universidade do Porto é a principal área de atuação da Infografia, contribuindo para uma maior e melhor expressão gráfica do Conhecimento gerado no espaço da Instituição e nos seus diversos Departamentos e domínios científicos."

Miguel Nogueira, Gerógrafo, responsável pelo Serviço de Infografia da FLUP

 

Criado em 1998, o Serviço de Infografia assume-se desde sempre como um espaço de trabalho transdisciplinar, aberto a toda a comunidade académica da FLUP e disponível para com ela colaborar dentro das suas comeptências. É assim um espaço para discussão, partilha e concentração de material didático e documentação em torno da Infografia nas suas diversas expressões (mapas, gráficos, diagramas, etc.). Ao mesmo tempo, compromete-se a promover, assessorar e desenvolver cartografia temática e outros documentos gráficos como veículos de comunicação de resultados da investigação e conhecimento gerados na instituição nas diferentes áreas disciplinares. Este Serviço tem ainda como missão colaborar e prestar apoio técnico aos diversos serviços da FLUP na organização, análise e visualização de dados e no desenvolvimento de recursos gráficos, difusores das atividades da instituição e de suporte à decisão.

A Infografia.FLUP divide-se, assim, em 4 grandes áreas de trabalho: Cartografia Temática, Recursos Gráficos, Bases de Informação e, por fim, Divulgação de Eventos.

CARTOGRAFIA TEMÁTICA

Construção de

Mapas Temáticos

RECURSOS GRÁFICOS

Desenolvimento de

Recursos Gráficos

(gráficos, apresentações, ...)

BASES DE INFORMAÇÃO

Organização de

Bases de Informação

DIVULGAÇÃO DE EVENTOS

Cartazes, Flyers 

e outros materiais de divulgação

 

Tal como costumamos afirmar, “mais do que construir mapas” a Infografia/FLUP tem percorrido um longo caminho (1998) de sensibilização e pedagogia sobre as potencialidades e aproveitamentos da Cartografia no ensino e na investigação em diversas áreas disciplinares na FLUP. Porquê?

 

Continuamos a identificar e a  adivinhar grandes volumes de informação com uma importante componente territorial que continua a escapar a um tratamento cartográfico!...  o qual, acreditamos convictamente, acrescentaria valor à comunicação do Conhecimento gerado, arriscaríamos dizê-lo. Confirmamos esta nossa suspeita, por um lado, com aqueles que até nós chegam e que connosco trabalham com grande desconhecimento sobre “o que é” e as “mais valias” que a cartografia (temática) pode trazer à investigação na FLUP, e por outro, pela constatação que para além destes, muitos outros membros da Instituição ficaram longe da Infografia/FLUP na sua rota académica (ou porque desconheceram a própria existência da Infografia/FLUP e as suas áreas de atuação ou a sua transdisciplinaridade e fácil acesso). Este site existe para inverter, por esta via, este cenário.

 

Mas continuamos a acreditar que:

  • a tradução, em Mapa, de dados é facilitadora da incontornável reflexão geográfica sobre as suas configurações espaciais (onde? o quê? com que intensidade?);

  • as novas tecnologias aplicadas possibilitam ainda explorar, ensaiar, analisar e interpretar relações entre variáveis e a sua expressão no território;

  • por último, o Mapa é também um veículo de comunicação do comportamento de informação, tão complexa quanto variada e a escalas tão elásticas quanto a urbana, regional, nacional ou mundial!...

 

Fazer bons mapas dá algum trabalho, mas dá-nos também óptimas experiências e aprendizagens.

 

Porque é a comunicação visual tão poderosa?

 

Entendemos os recursos visuais mais rapidamente porque nos afetam tanto cognitiva quanto emocionalmente.

  • Cognitivamente: gráficos aceleram e aumentam o nosso nível de comunicação. Eles aumentam a compreensão e a retenção de informação. As pistas visuais ajudam-nos a descodificar o texto e atrair a atenção à informação aumentando a probabilidade de que a audiência recordará o que visualizou, ou leu em gráficos...

  • Emocionalmente: as imagens aumentam ou afetam emoções e atitudes. Gráficos envolvem-se com a nossa imaginação e aumentam o nosso pensamento criativo, estimulando outras áreas do nosso cérebro (que por sua vez leva a uma compreensão mais profunda e precisa do material apresentado).

 

Com dados transformados em gráficos:

  • comunicamos mensagens/ideias de forma mais rápida e clara;

  • simplificamos grandes volumes de dados;

  • identificamos tendências e padrões nos dados;

  • “descomplexificamos”, graficamente, ideias complexas;

  • explicamos como as coisas funcionam

 

O Serviço de Infografia entende que é da qualidade, consistência da informação, dos dados, e só destas, se produzem bons recursos gráficos. Sem esta premissa, visualizamos apenas materiaias gráficos decorativos, mas não informativos.

 

Assim, é preocupação deste serviço prestar apoioe colaborar com a comunidade académica da FLUp na concepção, na estruturação das bases de informação que, primeiramente, servirão como repositório dos dados recolhidos nas investigações e, num segundo momento, serão amatéria para a análise e construção de recursos gráficos.

 

Como também sempre dizemos, estes recursos servem num primeiro momento, para o investigados entender melhor os comportamentos, as caracterísiticas da informação que recolhe e trata e, naturalmente, num segundo momento, e depois de algum tratamento também gráfico, comunicar esse Conhecimento gerado.

 

Não há bons Gráficos sem bons Dados.

 

Sobre as Premissas deste projeto:

  • O volume de informação em circulação ou afixada nos espaços da FLUP é grande e diversificado;

  • Era inexistente um critério e uma linha gráfica orientadora de grandes temas de informação que esclarecessem, num primeiríssimo momento, o assunto tratado/comunicado;

  • A comunidade académica da FLUP circulava e contactava com estes espaços de comunicação e, apesar da noção da presença das informações, o "ruído" visual não prendia a atenção do público alvo e muitas vezes não elucidava a comunidade sobre a natureza e temáticas dos eventos e outros acontecimentos relevantes para a vida académica e cultural na Faculdade.

 

Assim, em 2017, o Serviço de Infografia propôs à Direção da FLUP um novo projeto, com vista a melhorar e harmonizar a imagem gráfica para efeitos de divulgação interna e externa de eventos e cursos promovidos pela FLUP. Aceite, o Serviço de Infografia passou a ter a seu cargo a produção dos materiais destinados à referida divulgação, na sua maioria Cartazes, quer para serem afixados nos placards da FLUP, quer para difusão através do SIGARRA e das redes sociais.

 

Sobre os Objetivos deste projeto:

  • Identificar grandes grupos de informação;

  • Definir uma linha gráfica (um "layout") para os grandes grupos de informação, criando ligações entre estes mas destacando-os entre si;

  • Criar um conjunto de regras e critérios universais e transversais a todas estas possibilidades de conteúdos, gerando uma identidade, uma "marca" no que respeita à comunicação de informação com o selo FLUP, ao mesmo tempo que se garante a identidade e a singularidade de cada evento.

  • Proporcionar um serviço, gratuito, à comunidade académica da FLUP, e em particular àqueles que não dispõem de meios e conhecimentos para desenvolver estes recursos gráficos.

Via Panorâmica Edgar Cardoso, s/n | 4150-564 Porto | infografia@letras.up.pt | Tel: + 351 22 0427 262

© 2018 by Infografia

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now